Controle de Processos


DT-CP001

Banco de Calibração de Instrumentos Eletrônicos e Pneumáticos

Equipamento especialmente desenvolvido para práticas de calibrações em instrumentação elétrica, eletrônica e pneumática usada na indústria.

É composto por uma bancada com instrumentos que permitem ao aluno desenvolver uma grande variedade de práticas no campo das manutenções e calibrações em instrumentos pneumáticos e eletrônicos que são a base dos controles de processos.

DT-CP002

Bastidor com Condicionadores de Sinais

Sistema especialmente desenvolvido para o treinamento de técnicos em instrumentação e controle de processos industriais.

Programa Didático

Estudar em profundidade os temas relacionados ao controle de processos de:

  1. Temperatura
  2. Nível e vazão
  3. Pressão
  4. Velocidade angular
  5. Posição linear
  6. Luminosidade

DT-CP003

Planta de Controle Multiprocessos

Equipamento para controle de processos de nível e vazão, com uma coluna de vidro alimentada com água através de uma bomba centrífuga. Uma segunda bomba centrífuga faz a água recircular da coluna para o tanque.

A vazão da água da entrada na coluna pode ser controlada por uma válvula pneumática instalada nas saídas das bombas de alimentação e de recirculação. Um software SCADA realiza a aquisição de dados e supervisão do sistema.

Programa Didático

  1. Controle proporcional, integral e derivativo
  2. Controle em cascata
  3. Ajuste dos controladores
  4. Resposta característica do processo
  5. Determinação de tempo morto
  6. Supervisão do sistema via software SCADA.

DT-CP004

Planta de Controle de Processos – Nível e Vazão

Equipamento para controle de processos de nível e vazão, com uma coluna de vidro alimentada com água através de uma bomba centrífuga. Uma segunda bomba centrífuga faz a água recircular da coluna para o tanque.

A vazão da água da entrada na coluna pode ser controlada por uma válvula pneumática instalada nas saídas das bombas de alimentação e de recirculação. Um software SCADA realiza a aquisição de dados e supervisão do sistema.

Programa Didático

  1. Estudar o controle PID
  2. Estudar os instrumentos de medição de nível e vazão
  3. Determinar o tempo morto e de resposta e as características do processo
  4. Técnicas de ajuste de controladores
  5. Estudar a supervisão de uma planta via software SCADA

thumb-processos.png

DT-CP005

Planta de Controle de Processos - pH

Equipamento para controle de processos que consiste de um reator com agitador, alimentado com uma solução ácida através de uma bomba dosadora.

Controlando-se a vazão de outra bomba dosadora, que alimenta o reator com uma solução base, é possível controlar o pH. A aquisição de dados é feita via software.

Programa Didático

  1. Estudar o controle PID
  2. Estudar a resposta e características do processo
  3. Determinar o tempo morto
  4. Técnicas de ajuste de controladores
  5. Calibrar um pHmetro
  6. Estudar a supervisão de uma planta via software SCADA
thumb-processos.png

DT-CP006

Planta de Controle de Processos – Vazão e Pressão

Equipamento para controle de processos de vazão e pressão utilizando diferentes tipos de rotâmetros (tubo de Venturi, orifício calibrado, de indução magnética e de área variável), integrados em um circuito fechado com tanque e bomba de recirculação. 

A pressão é controlada por duas válvulas pneumáticas e a aquisição de dados é feita via software.

Programa Didático

  1. Estudar o controle PID
  2. Estudar os instrumentos de medição de pressão e vazão
  3. Estudar a resposta e características do processo
  4. Técnicas de ajuste de controladores
  5. Controlar a vazão e pressão dos fluidos ar e água
  6. Estudar o controle tipo split range
  7. Estudar a supervisão de uma planta via software SCADA

thumb-processos.png

DT-CP007

Planta de Controle de Processos – Vazão e Temperatura

Equipamento para controle de processos de vazão e temperatura com reator encamisado com agitador, alimentado com água. O reator é aquecido pela água quente que é recirculada por uma bomba centrífuga.

A medição da vazão (controlada por uma válvula pneumática) é feita com uma placa de orifício calibrado, o que permite o controle da taxa de vazão, que alimenta o reator. 

Malha de controle da temperatura no reator, obtida em cascata com a taxa de vazão do vapor, no trocador de calor.

Um software SCADA realiza a aquisição de dados e supervisão da planta.

Programa Didático

  1. Estudar o controle PID
  2. Estudar os instrumentos de medição de pressão e vazão
  3. Estudar o controle de temperatura em cascata
  4. Determinar o tempo morto e de resposta e as características do processo
  5. Técnicas de ajuste de controladores
  6. Estudar a supervisão de uma planta via software SCADA
thumb-processos.png

DT-CP008

Processo de Luminosidade

Unidade constituída por uma câmara escura, onde se introduz o atuador do processo luminoso com uma lâmpada incandescente e três dispositivos transdutores de luminosidade com semicondutor.

Inclui amplificador de potência para a unidade de luminosidade e os módulos de acondicionamento de sinais para os sensores.

Programa Didático

  1. Unidade de processos
  2. Módulo amplificador
  3. Módulo para fotoresistência
  4. Módulo para fotodiodo
  5. Módulo para fototransistor

thumb-processos.png

DT-CP009

Processo de Nível e Vazão

Unidade de processos constituída por tanque com bomba para fornecer e manter o líquido no nível desejado. O atuador incorpora uma válvula proporcional e o transdutor de nível um sensor de pressão situado no fundo da coluna. 

Inclui rotâmetro de turbina com um estrangulador manual conectado em série para as medições de fluxos, amplificador de potência para a unidade de nível e vazão e módulos de condicionamento dos sinais para os dois transdutores de nível e vazão.

Programa Didático

  1. Unidade de processos
  2. Módulo amplificador
  3. Módulo para transdutor de nível
  4. Módulo para transdutor de fluxo
thumb-processos.png

DT-CP010

Processo de Pressão

Unidade de processo constituída por tanque e compressor acionado por motor elétrico, que proporciona o ar requerido para o alcance da pressão e a sua manutenção. O atuador possui válvula proporcional e transdutor de pressão, do tipo piezo resistivo.

Inclui amplificador de potência para a unidade de pressão e os módulos de condicionamento dos sinais para o transdutor de pressão.

Programa Didático

  1. Unidade de processos
  2. Módulo amplificador
  3. Módulo para transdutores de pressão

thumb-processos.png

DT-CP011

Processo de Posição Linear

Unidade de processo para controle de posicionamento microprocessado, responsável pelo movimento do atuador do eixo mediante a leitura de um encoder incremental bidirecional.

O controlador possui display e teclado para a inserção e visualização dos dados. Um módulo conversor D/A é responsável pela seção analógica do controle de posição, enquanto que um segundo módulo permite visualizar o estado lógico das linhas de saída do controlador microprocessado.

Possui módulos de condicionamento de sinais para os sensores de velocidade e posição.

Programa Didático

  1. Unidade de processos
  2. Módulo amplificador
  3. Módulo de controle digital por microprocessador
  4. Display e teclado para módulo
  5. Módulo conversor D/A de 12 bits
  6. Módulo de E/S de 8 bits
  7. Módulo para tacogerador
  8. Módulo para codificador incremental
  9. Módulo para transdução fotoelétrica de velocidade
thumb-processos.png

DT-CP012

Processo de Velocidade Angular

Unidade de processo com motor de corrente contínua bidirecional de ímã permanente, tacogerador e codificador incremental óptico.

O atuador incorpora um motor CC, módulos básicos do sistema, amplificador de potência para a unidade de velocidade angular e módulos de condicionamento dos sinais para os sensores de velocidade e posição angular.

Programa Didático

  1. Unidade de processos
  2. Módulo amplificador
  3. Módulo para tacogerador
  4. Módulo para reação de feedback
  5. Módulo para transdução fotoelétrica de velocidade

thumb-processos.png

DT-CP013

Unidade de Controle de Processos - Nível

Permite diversos experimentos em controle de nível e deve ser conectada a uma torneira. O nível em tanque transparente é medido com transmissor diferencial de pressão e é controlado por válvula pneumática na entrada da água.

Programa Didático

  1. Estudar o controle PID
  2. Estudar o controle em malha aberta
  3. Estudar o controle em malha fechada
  4. Técnicas de ajuste de controladores
thumb-processos.png

DT-CP014

Unidade de Controle de Processos – Nível e Vazão

Permite diversos experimentos em controle de nível e vazão em circuito fechado com tanque, bomba de recirculação, válvula de controle, transmissor de vazão e nível e controlador PID.

A bomba centrífuga envia água do tanque através de um rotâmetro até o tanque transparente onde o nível é medido por um sensor de pressão. 

O elemento de controle consiste de válvula pneumática. Um software SCADA realiza a aquisição de dados e supervisão da unidade.

Programa Didático

  1. Estudar o controle PID
  2. Estudar o controle de vazão, nível, nível e vazão em cascata
  3. Técnicas de ajuste de controladores

thumb-processos.png

DT-CP015

Unidade de Controle de Processos – pH

Inclui um reator com agitador alimentado com uma solução ácida, através de uma bomba dosadora.

Controlando-se a vazão de outra bomba dosadora que alimenta o reator com uma solução base, controla-se o pH dentro do reator.

Programa Didático

  1. Estudar o controle PID
  2. Regulagem de controladores
  3. Estudar a resposta e características do processo
  4. Determinar o tempo morto
  5. Técnicas de ajuste de controladores
  6. Calibrar um pHmetro
thumb-processos.png

DT-CP016

Unidade de Controle de Processos – Pressão

Permite diversos experimentos em controle de pressão e funciona com ar-comprimido, disponibilizado no laboratório, medido por transmissor de pressão e controlado por válvula pneumática na linha de entrada.

Esta unidade pode ser conectada a outra unidade para controle simultâneo de pressão e vazão.

Programa Didático

  1. Estudar o controle PID
  2. Estudar o controle em malha aberta
  3. Estudar o controle em malha fechada
  4. Técnicas de ajuste de controladores
  5. Resposta a ruído
  6. Efeito do volume do sistema nos parâmetros de controle

thumb-processos.png

DT-CP017

Unidade de Controle de Processos – Temperatura

Permite experimentos em controle de temperatura, utilizando um circuito fechado de água quente. Uma bomba centrífuga circula a água quente do tanque de aquecimento até as placas do trocador de calor refrigerado por água da rede.

A temperatura é medida utilizando uma termo-resistência, controlada por válvula pneumática na linha de entrada da água fria.

Programa Didático

  1. Estudar o controle PID
  2. Estudar o controle em malha aberta
  3. Estudar o controle em malha fechada
  4. Técnicas de ajuste de controladores
  5. Resposta a ruído
thumb-processos.png

DT-CP018

Unidade de Controle de Processos – Vazão

A vazão é medida utilizando transmissor diferencial de pressão conectado a uma placa de orifício calibrado, controlado por válvula pneumática.

Esta unidade pode ser conectada a outra unidade para controle simultâneo de pressão e vazão.

Programa Didático

  1. Estudar o controle PID
  2. Estudar o controle em malha aberta
  3. Estudar o controle em malha fechada
  4. Técnicas de ajuste de controladores
  5. Resposta a ruído

thumb-processos.png

DT-CP019

Unidade de Multiprocessos

Equipamento multiprocessos para experimentos no mesmo controlador, utilizando um controle por vez, e modificando o circuito hidráulico através de válvulas manuais.

Programa Didático

  1. Estudar o controle PID
  2. Estudar o controle de vazão, nível e nível, pressão e temperatura
  3. Técnicas de ajuste de controladores
thumb-processos.png

DT-CP020

Unidade Multiprocessos para Estudo de Vazão, Nível, Temperatura e Pressão

O sistema modelo DT-CP020 foi desenvolvido para cobrir os seguintes tópicos educacionais incluídos em um programa de treinamento teórico-prático, como segue:

  • Estudo dos sensores e os referentes circuitos condicionadores de sinal para variáveis de processo: Vazão, Nível, Temperatura e Pressão.
  • Estudo das técnicas de controle em processo de anel fechado. Estudo das diferentes vias de controle: controle PID com CLP, com controlador PID industrial, com PLACA DE aquisição de dados via PC e com datalogger.

Programa didático  

  1. Detecção da curva característica dos transdutores e os circuitos condicionadores de sinal para os sensores de temperatura, vazão, nível e pressão.
  2. Detecção das constantes de tempo do processo.
  3. Análise do controle automático em anel fechado para vazão, nível, temperatura e pressão: modo de controle ON-OFF e modos de controle Proporcional (P), Proporcional Integral (PI), Proporcional Derivativo (PD) e Proporcional Integral Derivativo (PID).
  4. Análise das curvas das variáveis por meio do algoritmo PID no CLP, no controlador PID industrial (com função de autotuning) e placa de controle/aquisição para PC com software dedicado) fornecido).

DT-CP021

Unidade para Estudo em Vazão e Pressão

Equipamento para controle de processos de vazão e pressão, com circuito que permite o controle de pressão e vazão de ar-comprimido ou água.

Possui três tanques para estudar o efeito do volume no sistema conforme parâmetros de controle, uma válvula pneumática para controle de pressão e duas válvulas pneumáticas, em split range, para controle de vazão. A aquisição de dados é feita via software.

thumb-processos.png

DT-CP022

Processo de Temperatura

Unidade de processos com atuadores térmicos, resistência dupla, ventilador, e três tipos de sensores industriais de temperatura (PTC, termoresistência e termopar).

Possui módulo de amplificação de potência para atuadores de aquecimento e arrefecimento e módulos de condicionamento de sinais.

Programa Didático 

  1. Módulo condicionador de sinal para PTC.
  2. Módulo condicionador de sinal para termoresistência.
  3. Módulo condicionador de sinal para termopar

thumb-processos.png

DT-CP023

Equipamento para Controle de Processos

Equipamento multiprocessos com dois tanques, trocador de calor de placas, transmissores eletrônicos diferenciais de pressão e diafragma calibrado. Totalmente construído em aço inoxidável.

Programa Didático 

  1. Controle ON/OFF
  2. Controle proporcional, integral e derivativo
  3. Instrumentos de medição de nível, vazão, temperatura e pressão
  4. Determinação do tempo morto, de resposta e características do processo
  5. Técnicas de ajuste fino de controladores
  6. Supervisão com software SCADA

DT-CP024

Controle de Luz e Temperatura

Placa experimental para estudo dos vários tipos de sensor e sistemas de controle PID. Contém pré-montados todos os componentes eletrônicos necessários à construção de circuitos experimentais, e é dividido em blocos funcionais que podem ser interconectados e modificados por meio dos jumpers e cabos fornecidos. 

Programa Didático

  1. Sensores de luminosidade: fotorresistências, fotodiodos, fototransistores
  2. Circuitos de condicionamento para fotorresistência, fotodiodo, fototransístor
  3. Sensores de temperatura: NTC, PTC, termorresistências
  4. Circuitos de condicionamento para NTC, PTC, termorresistências
  5. Controle automático: referência, somador, controlador, transdutor e sinal de realimentação
  6. Controlador PID: proporcional, integral, derivativo e ação combinada
  7. Controlador ON/OFF
  8. Controle automático: esquemas de bloco, malha aberta/fechada, sensibilidade, precisão, tempo de resposta, estabilidade, projeto
  9. Controle automático de luminosidade: regulagem de malha aberta/fechada com controlador PID
  10. Controle automático de temperatura regulagem de malha aberta/fechada com controlador PID

DT-CP025

Controle de Velocidade e Posição

Placa experimental para desenvolvimento de uma série de lições sobre os seguintes tópicos:

  • Motor DC
  • Circuitos de condicionamento de sinal de sensor 
  • Controle automático de velocidade e posição

Os principais blocos embutidos são:

  • Set-points de posição e velocidade
  • Amplificador de erro
  • Condicionador de sinal do tacogerador
  • Ponte bidirecional PWM “H”
  • Controlador P – I – D ajustável via potenciômetros
  • Gráfico de barra para exibição da velocidade de rotação
  • Motor DC com tacogerador e referência de posição

Programa Didático

  1. Motor DC com ímãs permanentes
  2. Tacogerador
  3. Controle proporcional, integral, derivativo
  4. Controle de velocidade do motor DC
  5. Controle de posição do motor DC
  6. Ponte “H” MOSFET de rotação bidirecional
  7. Modulação PWM
  8. Controle de corrente da armadura
  9. Inserção de falhas

DT-CP026

Controle de Pressão

Placa experimental para desenvolvimento de uma série de lições sobre os seguintes tópicos:

  • Compressão de ar
  • Válvulas proporcionais
  • Transdutores de pressão piezorresistivos 
  • Regulagem de pressão

Os principais blocos são:

  • Set-points de pressão
  • Amplificador de erro
  • Condicionador do sensor de pressão
  • Controle de válvula de regulagem proporcional
  • Configuração do controlador PID
  • Manômetro
  • Grupo compressor, tanque de ar, válvula proporcional

Programa Didático

  1. Compressor
  2. Válvula proporcional
  3. Controle proporcional
  4. Controle integral e derivativo
  5. Controle de pressão com possibilidade de variação da carga
  6. Sensor piezorresistivo
  7. Controle de válvula proporcional
  8. Inserção de falhas 

DT-CP027

Controle de Nível e Vazão

Placa experimental para desenvolvimento de uma série de lições sobre os seguintes tópicos:

  • Transdutor de vazão para água
  • Transdutor de nível/pressão
  • Controle de nível e vazão

Os principais blocos são:

  • Set-points de nível e vazão
  • Amplificador de erro
  • Condicionamento de sinal para os sensores de vazão e nível/pressão
  • Controlador PID variável
  • Amplificador de potência
  • Gráfico de barra para visualização do sinal
  • Unidade externa com tanque graduado (2000 cc) e bomba elétrica
  • Torneira de descarga

Programa Didático

  1. Transdutores de nível/pressão
  2. Circuitos para condicionamento para os transdutores
  3. Conversões F/V e V/F
  4. Controle PID

DT-CP028

Transdutores

Placa experimental para análise dos vários sensores e circuitos de condicionamento tipicamente usados em circuitos de controle. Contém pré-montados todos os componentes eletrônicos necessários à construção de circuitos experimentais, e é dividido em blocos funcionais que podem ser interconectados e modificados por meio dos jumpers e cabos fornecidos.

Programa Didático

  1. Sensores de temperatura: RDT, termorresistor, NTC e PTC, termopar
  2. Sensores de posição de efeito Hall
  3. Sensores infravermelho: descrição de componentes infravermelho, tensão de diodo TX, transmissão de sinal de pulso
  4. Sensor de proximidade: sensor indutivo autoamplificado
  5. Sensor de potência: piezoeletricidade, parâmetros característicos, condicionador de sinal de medida de potência
  6. Transmissores e receptores de ultrassom: característica do ultrassom, tempo de transmissão, distância da fonte

DT-CP030

Processo de Velocidade Angular com Amplificador para Atuador e Condicionador de Sinais para Tacogerador

Os servomecanismos para motores DC são amplamente usados atualmente em várias aplicações diferentes. Eles são versáteis no que tange a controles de posição, sendo usados, por exemplo, em ferramentas de usinagem, em que são necessários movimentos relativos de alta precisão entre a ferramenta e a peça a ser usinada. Este painel foi projetado para ser um instrumento necessário ao treinamento de técnicos com alto nível de conhecimento sobre controles de motor DC.

Juntamente com a unidade externa mod. DT-CP030.01, esta unidade permite o desenvolvimento de programas teórico-experimentais referentes a:

  • Análise de transdutores de posição e velocidade.
  • Análise de circuitos de condicionamento.
  • Estudo de motores DC.
  • Estudo de servomecanismos elétricos para motores DC.

Unidade externa para velocidade e posição DT-CP030.01

A unidade externa é composta por:

  • motor DC de ímãs permanentes.
  • Transdutor de posição potenciométrico.
  • Transdutores de velocidade taquimétricos e optoeletrônicos.
  • Dispositivos para variação de carga.

Esta unidade proporciona a geração de grandezas físicas de velocidade e posição com rotação de motor DC de ímãs permanentes. Por meio do cabo DIN de 8 polos, os sinais dos trandutores chegam á placa DT-CP030, onde são apropriadamente processadas pelos circuitos de condicionamento e filtragem.

A indicação da posição instantânea do rotor pode ser lida com precisão em um indicador de posição angular entre 0° e 360°. Por razões de segurança, todas as peças em rotação do motor são protegidas por capa de metal e acrílico.

Programa didático

  1. Motor de ímã DC permanente: noções gerais e modelagem matemática.
  2. Características elétricas e mecânicas.
  3. Detecção das características da reação da armadura de um motor DC.
  4. Detecção das características de transdutores de velocidade optoeletrônicos.
  5. Detecção das características de tacogerador tipo industrial.
  6. Detecção das características de transdutor potenciométrico tipo industrial.
  7. Estudo e calibração de condicionadores de sinal para:
    • tacogerador
    • feedback de armadura
    • transdutor optoeletrônico
    • transdutor potenciométrico
  8. Estudo da resposta de controladoresprporcional, derivativo e integral a diferentes sinais de entrada.
  9. Servomecanismo de velocidade com motor DC.
  10. Servomecanismo de posição com motor DC.
  11. Conversor MOSFET DC/DC para operação em 4 quadrantes.
  12. Acionamento para os MOSFETs do conversor DC/DC.
  13. Modulação PWM para acionamento de conversor DC/DC.
  14. Resposta do processo usando um controlador com ações independentes:
    • propocional
    • integral
    • derivativo
  15. Controle da corrente máxima da armadura
  16. Resposta do sistema à variação da carga de frenagem
  17. Análise e uso do software de supervisão com PC.

DT-CP031

Processo de Temperatura com Amplificador para Atuador e Condicionador de Sinal para Termopar

A necessidade de controlar automaticamente a temperatura de um material ou um ambiente é típica da vida real doméstica e industrial.

O primeiro tipo de controle que pode ser usado para satisfazer essas necessidades é o controle on-off. Esse controle, embora robusto e praticamente insensível a variações paramétricas do sistema, não se encaixa em todas as aplicações que necessitam de um controle preciso de temperatura. É por isso que controles de temperatura são executados por controladores PID, que podem ser “moldados” pelo usuário de modo que o processo assuma uma particular evolução dinâmica, de acordo com uma aplicação específica.

Nesse contexto, o painel DT-CP031, juntamente com a unidade externa de processo DT-CP031.01, permite o desenvolvimento de uma ampla gama de exercícios referentes a:

  • Análise dos transdutores de temperatura e circuitos de condicionamento relacionados.
  • Controle automático de temperatura com regulador PID.

Unidade externa para geração de variável física
DT-CP031.01

Dotada de:

  • 4 transdutores de temperatura (termopar, RTD, PTC, NTC)
  • Resistências de aquecimento
  • Ventilador de resfriamento
  • Termômetro de mercúrio para indicação da temperatura do processo

O ambiente do processo consiste em uma placa de alumínio, aquecida por resistências alimentadas por um amplificador de potência, com parcialização de fase e TRIAC, presente no painel mod. DT-CP031. Três cabos DIN de 8 polos conduzem os sinais dos sensores até o painel, onde são apropriadamente processados pelos circuitos de condicionamento, para uso pelos circuitos de controle. Um termômetro de mercúrio instalado no lado superior da unidade permite a leitura direta da temperatura alcançada no processo.

A cobertura sólida da unidade externa  é do tipo metálica com espaço oco termoisolante.

Programa didático

  1. Características gerais de transdutores

  2. Condicionador de sinais.

  3. Transdutor industrial semicondutivo de temperatura (PTC).
  4. Detecção das características de um PTC industrial.
  5. Determinação da linearidade de um PTC industrial.
  6. Termorresistor NTC.
  7. Detecção das características de um NTC.
  8. Detecção da linearidade de um NTC.
  9. Termorresistência industrial.
  10. Detecção das características de uma termorresistência industrial.
  11. Detecção da linearidade de uma termorresistência.
  12. Termopar industrial.
  13. Detecção das características de um termopar industrial.
  14. Detecção da linearidade de um termopar. 

Estudo e calibração de condicionador de sinais para PTC, NTC, termorresistências, termopares

  1. Detecção das características do processo de temperatura.
  2. Resposta do processo usando um controlador com ações independentes:
    • proporcional.
    • integral.
    • derivativa.
  3. Estabilização de controle de processo.
  4. Verificação da intervenção do controle de malha fechada na presença de perturbações.
  5. Estudo de amplificador de parcialização de fase com TRIAC.
  6. Detecção de tensões, correntes e formas de onda significativas em diferentes pontos do circuito.
  7. Análise e uso do software de supervisão com PC.

DT-CP032

Processo de Pressão com Amplificador para Atuador e Condicionador de Sinal para Transdutor de Pressão

O controle automático de pressão é muito usado na indústria e é a estrutura básica de um controle automático de outras variáveis físicas tais como temperatura, velocidade, luminosidade, etc. 

Usualmente, o tipo de regulação implementado por esses controles é PID, projetado de modo a obter as melhores características em termos de estabilidade, velocidade de resposta e erro de estado estacionário. 

O painel DT-CP032, juntamente com a unidade externa mod. DT-CP032.01, possibilita:

  • Análise de transdutores de pressão e circuitos relacionados.
  • Controle automático de pressão com regulador PID com coeficientes variáveis.

Unidade externa para geração de variável física DT-CP032.01

Dotada de:

  • Compressor com tanque de ar
  • Válvula proporcional
  • Transdutor piezorresistivo
  • Manômetro de pressão
  • Dispositivo de variação de carga

Esta unidade é a fonte de pressão para detecção da curva característica do sensor e para análise do condicionador de sinais. O transdutor industrial de pressão usado é piezorresistivo, e seu elemento básico é o extensômetro. O sinal do transdutor, via cabo DIN de 8 polos, chega ao painel DT-CP032, onde é condicionado e filtrado com circuitos apropriados. Na unidade DT-CP032.01, há dois terminais para controle da válvula solenoide proporcional pelo sistema de controle.

A estrutura sólida da unidade externa é metálica e inclui, além dos componentes acima, um filtro para o ar do compressor.


DT-CP033

Processo de Nível e Vazão com Amplificador para Atuador e Condicionador de Sinal para Transdutor de Nível e Vazão

Estuda o processo de controle de nível e vazão.

Programa Didático

  1. Detecção da curva característica do transdutor e de unidades condicionadoras de sinal.
  2. Determinação da linearidade do transdutor e das unidades condicionadoras de sinal.
  3. Determinação do atraso de resposta do transdutor e das unidades condicionadoras de sinal.
  4. Análise das ações executadas pelo CLP: on-off, histerese, proporcional, integral e derivativa.
  5. Ajuste do controlador conforme a resposta à estabilidade máxima
  6. Detecção de resposta de processos em loop fechado com controle on-off.
  7. Detecção de resposta de processos em loop fechado com controles P, P+l, P+D, P+l+D e FUZZY.
  8. Detecção do erro em regime permanente dos processos, de acordo com o tipo de controle utilizado.
  9. Detecção do comportamento em regime transiente dos processos, em relação às constantes de tempo do programa de controle.

 

thumb-processos.png

DT-CP034

Unidade de Alimentação

Essa unidade é contida em uma estrutura especialmente desenhada e constitui um conjunto ergonômico com a caixa de alojamento de módulos. No painel frontal se localizam os terminais e os LEDs para tomada e exibição das voltagens de saída. As voltagens estão disponíveis também em conectores DIN no painel traseiro da unidade. Essa unidade é universal, e apropriada para alimentar todos os tipos de módulos. 

Caixa de Alojamento de Módulos

Suporte para alojar os módulos experimentais. Os módulos podem ser fixados à estrutura usando um sistema “plug-in”.


DT-CP035

Treinador de Medida de Nível

O equipamento inclui um tanque em acrílico e reservatório. Uma arquitetura aberta permite a instalação de instrumentos de vários fabricantes em diferentes locais do sistema e no tanque, usando conexões rápidas. Inclui um transmissor de pressão diferencial. 

Programa Didático

  1. Medida de nível em tanque aberto
  2. Medida de nível em tanque fechado
  3. Medida de nível com “wet leg”
  4. Supressão de zero

thumb-processos.png

DT-CP036

Controle para Motor de Passo

Um motor de passo é um dispositivo eletromecânico cujo eixo gira a passos discretos, seguindo pulsos de controle em quantidade e velocidade. É muito bom para aplicações que usam um controle digital. Seu uso fácil (especialmente devido ao fato de ele não necessitar de retroalimentação), sua precisão e o posicionamento rápido, determinaram seu amplo uso em: controle de processos, controle de impressoras, leitores/perfuradores, plotters, ferramentas de máquinas, etc. 

Programa Didático

  1. Princípios operacionais, terminologia e características técnicas de motores de passo.
  2. Formas de onda da corrente de fase.
  3. Acionamento unipolar e bipolar.
  4. Operação em “passo completo”.
  5. Operação em “meio passo”.
  6. Avanço por passo único e velocidade constante.
  7. Criação de sequência de controle.
  8. Circuitos de potência para controle das fases.
  9. Análise e uso de um software de supervisão com um PC.
thumb-processos.png

DT-CP037

Simulador de Processos

O simulador representa, nesse contexto, a ferramenta necessária para um estudo aprofundado dos tópicos da teoria de controles automáticos, através da experimentação prática e análise da vasta gama de exercícios incluída no programa de treinamento.

Programa Didático

  1. Descrição física dos processos.
  2. Determinação do modelo matemático.
  3. Representação do sistema em diagrama de bloco.
  4. Análise da influência de perturbações introduzidas em diferentes pontos.
  5. Sistemas lineares: equações integrais-diferenciais.
  6. Relações entrada/saída: funções de transferência.
  7. Sistemas de retroalimentação.
  8. Estruturas básicas de reguladores
  9. Ações:
    • Proporcional.
    • Integral.
    • Derivada.
    • Adiantamento.
    • Retardo.

thumb-processos.png

DT-CP038

Transdutor de Posição com Codificador e Condicionador de Sinal

O amplo uso de sistemas de controle digital produziu um grande desenvolvimento dos transdutores numéricos. Em particular, atualmente, estão disponíveis transdutores de posição numéricos que fornecem representação numérica de rotações angulares e movimentos lineares. Ambos os tipos, absoluto e incremental, são estudados com essa unidade.

O codificador incremental é montado na unidade externa, e permite definir uma posição de referência com um botão giratório, convertida pelo codificador e acondicionada por circuitos apropriados no painel e exibida em um mostrador digital de 4 dígitos. 

Os diagramas dos blocos funcionais e de circuitos da unidade são impressos em silk-screen no painel frontal feito de material isolante. Desse modo, medidas qualitativas e quantitativas podem ser conduzidas diretamente nos terminais de entrada e saída de cada bloco. 

O programa de treinamento é completado com o uso de um software de aquisição de dados para PC, para monitoramento das variáveis elétricas envolvidas na unidade. 

Acompanha manual teórico-experimental que guia os estudantes na realização dos experimentos.

Programa Didático

  1. Características de transdutores de posição.
  2. Transdutores de posição numéricos.
  3. Transdutores fotoelétricos.
  4. Codificação de transdutores de posição numéricos.
  5. Codificadores absolutos.
  6. Codificadores incrementais.
  7. Circuitos de exibição e controle.
  8. Condicionador de sinal: análise detalhada dos circuitos.
  9. Detecções de posição e velocidade.
  10. Uso do condicionador como frequencímetro.
  11. Verificação da precisão da medida.
  12. Resolução.
  13. Análise e uso do software de supervisão com PC e placa dedicada.
thumb-processos.png

DT-CP039

Sistema Multivariável de Controle de Processo (Controle de processos de vazão, nível e temperatura)

Esse sistema foi desenvolvido para o estudo dos sensores e circuitos condicionadores de sinal relativo para as variáveis vazão, nível e temperatura, técnicas de controle de processo em anel fechado e controle de processo: controle PID com CLP, com controlador PID industrial e com placa de aquisição de dados.

Programa Didático

  1. Detecção da curva característica dos transdutores e os circuitos de condicionamento de sinal para os sensores de temperatura, fluxo e nível.
  2. Detecção das características da bomba.
  3. Detecção das constantes de tempo do processo.
  4. Análise do controle automático de anel fechado para: fluxo, nível e temperatura: controle on-off, controle proporcional (P), proporcional integral (PI) e proporcional integral derivado (PID).
  5. Análise das curvas das varáveis por algoritmo PID no CLP, no controlador PID industrial (com função de autocalibração) e placa de aquisição/controle para PC com software dedicado (fornecido).

thumb-processos.png

DT-CP040

Transdutor e controle de luminosidade

Para estudar o processo de luminosidade.

Programa Didático

  1. Detecção das características típicas de um transdutor de luminosidade fotorresistivo.
  2. Detecção das características típicas de um fototransistor.
  3. Detecção das características típicas do fotodiodo usado como célula fotovoltaica.
  4. Estudo e calibração de condicionadores de sinal para:
    • Fotorresistor.
    • Fotodiodo.
    • Fototransístor.
  5. Análise teórico/experimental dos tópicos principais tratados pelos sistemas de controle automático.
  6. Controle de loop aberto e loop fechado: diferenças.
  7. Resposta de processo usando um controlador com ações independentes:
    • Proporcional (P).
    • Integral (I).
    • Derivativa (D).
  8. Verificação do controle automático de luminosidade conforme a variação da distância entre a fonte e o transdutor.
  9. Resposta do sistema à introdução de uma fonte luminosa (perturbação) não controlada pelo módulo.
  10. Reação do controlador a mudanças bruscas ou contínuas na intensidade da fonte perturbadora.
  11. Detecção das formas de onda mais significativas.
  12. Análise e uso do software de supervisão e controle de processo por PC.
thumb-processos.png

DT-CP041

Treinador de Medida de Vazão

Uma bomba é usada para transportar a água em um circuito fechado, onde os rotâmetros são instalados verticalmente ou horizontalmente. Uma válvula é usada para ajustar a vazão. 

O equipamento possui um rotâmetro de indução magnética de alta precisão para medida de referência e calibração dos rotâmetros, com dois manômetros de 3 tubos e um transmissor de pressão diferencial, para medidas das perdas de pressão. 

Programa Didático

  1. Princípios de operação e tipos de rotâmetro
  2. Calibração de diferentes rotâmetros 
  3. Instalação e conexão de rotâmetros
  4. Efeito da posição sobre as medidas
  5. Gráfico de perdas de pressão para os rotâmetros

thumb-processos.png

DT-CP042

Treinador de Transmissor de Pressão Diferencial

Este equipamento possui duas câmaras, uma de alta pressão e outra de baixa pressão, ambas equipadas com manômetros. O transmissor é conectado às duas câmaras, e a pressão é fornecida por meio de uma bomba de ar de pé. Um mostrador digital indica a saída do transmissor de pressão diferencial.

Programa Didático

  1. Familiarização com diversos tipos de transmissores de pressão
  2. Funcionamento de um transmissor de pressão diferencial
thumb-processos.png

DT-CP043

Banco de Métodos de  Calibração

Estão incluídos dois reguladores de pressão com manômetros para geração de sinais pneumáticos e calibração de manômetros a alta pressão. Um tanque de altura ajustável com escala é usado para geração de baixas pressões, para calibração do manômetro. Inclui duas fontes de tensão contínua, como fontes auxiliares para componentes que requerem alimentação elétrica. 

Os sinais de corrente contínua podem ser enviados e medidos usando dois controladores. Dois manômetros de precisão permitem medir sinais pneumáticos de saída vindos de componentes de malha de controle. Vários componentes, como transdutores, válvulas de controle e controladores estão disponíveis como acessórios; são montados no treinador e conectados por meio dos cabos e mangueiras fornecidos. 

Programa Didático

  1. Juntamente com os acessórios de malha de controle:
    • funcionamento de componentes de malha de controle (transmissores, atuadores, controladores)
    • familiarização com sinais elétricos e pneumáticos
    • conexão correta de componentes de malha de controle
    • funcionamento de componentes de malha de controle 
    • calibração de manômetros

DT-CP044

Radar de Onda Guiada – Treinador de Diapasão

Este treinador possui dispositivo de medida de nível em um tanque transparente, bomba de dimensões reduzidas permite variar o nível no tanque, de modo que o estudante possa praticar o uso do dispositivo de medida. Usa-se um diapasão como dispositivo de segurança de nível alto. 

Programa didático

  1. Medida do nível em um tanque aberto com um transmissor radar de onda guiada.
  2. Medida de nível em um tanque fechado com um transmissor radar de onda guiada.
  3. Funcionamento de um interruptor de nível de diapasão.

DT-CP045

Treinador para o Transmissor de Nível de Capacitância

Este treinador possui dispositivo de medida de nível em um tanque transparente; bomba de dimensões reduzidas que permite variar o nível no tanque, de modo que o estudante possa praticar o uso do dispositivo de medida. 

Usa-se um diapasão como dispositivo de segurança de nível alto. 

Programa didático

  1. Medida do nível em um tanque aberto com um transmissor de nível de capacitância.

  2. Medida de nível em um tanque fechado com um transmissor de nível de capacitância.
  3. Funcionamento de um interruptor de nível de diapasão.

DT-CP046

Treinador para o Transmissor de Nível por Radar de Onda Livre

Este treinador possui dispositivo de medida de nível em um tanque transparente, bomba de dimensões reduzidas que permite variar o nível no tanque, de modo que o estudante possa praticar o uso do dispositivo de medida. Usa-se um diapasão como dispositivo de segurança de nível alto. 

Programa didático

  1. Medida do nível em um tanque aberto com um transmissor radar de onda livre.
  2. Medida de nível em um tanque fechado com um transmissor radar de onda livre.
  3. Funcionamento de um interruptor de nível de diapasão.

DT-CP047

Treinador para Regulagem de Vazão, de Nível e de Pressão

A planta consiste de uma coluna de vidro, alimentada por uma bomba centrífuga conectada a um tanque de acumulação. Uma segunda bomba centrífuga envia a água da coluna até o tanque. 

É possível controlar:

A vazão de água, por meio de uma válvula pneumática montada no lado de envio da bomba de alimentação.
O nível da coluna, por meio de uma válvula pneumática montada no lado de envio da bomba de recirculação.
A pressão no interior da coluna, por meio de uma válvula pneumática.

Um software de controle e aquisição de dados (SCADA) para Windows permite efetuar a supervisão da planta a partir do computador, bastando conectar o cabo serial fornecido com o equipamento.

Programa didático

  1. Controle proporcional, integral e derivativo.
  2. Instrumentos de medida de nível, de vazão e de pressão.
  3. Resposta e características do processo.
  4. Técnicas de ajuste dos controladores.
  5. Supervisão do sistema através de software SCADA.

DT-CP048

Treinador para Regulagem de Nível e Vazão

A planta consiste em uma coluna de vidro alimentada por bomba centrífuga conectada a um tanque de acumulação. Uma segunda bomba centrífuga envia a água da coluna a este tanque. 

É possível controlar a vazão de água que adentra a coluna por meio de uma válvula pneumática montada no lado de descarga da bomba de alimentação e controlar o nível na coluna por meio de outra válvula pneumática, inserida no lado de entrega da bomba de recirculação. 

A vazão pode ser controlada mesmo se for usado ar comprimido como fluido de processo. 

Um software de controle e aquisição de dados (SCADA) para Windows possibilita a supervisão do sistema a partir de um PC conectado via cabo serial ao equipamento.

Programa didático

  1. Controle proporcional, integral e derivativo.
  2. Instrumentos de medida de nível e de vazão.
  3. Resposta e características do processo.
  4. Técnicas de calibração dos controladores.
  5. Supervisão do sistema via software SCADA.

DT-CP049

Unidade para Regulagem Multiprocessual (vazão, nível, pressão)

Esta unidade de bancada permite experimentos sobre o controle de vazão, nível e pressão (não simultaneamente) por meio do regulador fornecido, ou de um regulador PID adquirido pelo cliente. 

Um software SCADA para Windows permite controlar a unidade a partir de um PC e examinar como o sistema responde aos distúrbios.


Programa didático

  1. Controle proporcional, integral e derivativo.
  2. Controle de:
    • vazão.
    • nível.
    • pressão.
  3. Técnicas de calibração do regulador.

DT-CP050 - Planta Modular para Controle de Processos

O sistema de controle de processos modular, mod. DT-CP050, é uma solução flexível para o estudo de conceitos fundamentais do controle de processos por meio de experimentos. 

Inclui um tanque de alimentação com bomba, um quadro elétrico e uma estrutura para posicionar de modo rápido e seguro os módulos necessários para criar uma malha de controle. 

O software de controle e de aquisição de dados (SCADA) para Windows permite a supervisão da malha de controle a partir do computador. 

Programa didático

  1. Projeto e construção (elétrica e mecânica) de uma malha de controle.
  2. Estudo dos componentes de uma malha de controle.
  3. Otimização de uma malha de controle.
  4. Supervisão de uma malha de controle a partir do computador.

A unidade de serviço, modelo DT-CP050.01 pode ser montada com os módulos listados na tabela acima para controle de vazão, nível, pressão e temperatura. Clique nas imagens da galeria abaixo para conhecer melhor as montagens.

Para conhecer a unidade de serviço DT-CP050.01 e os outros componentes, clique aqui>


DT-CP051

Unidade de Controle de Processo de VAZÃO com Controlador PID e Software SCADA

Esta unidade compacta de fácil manuseio permite executar testes de controle de vazão em um circuito fechado. Uma bomba centrífuga transfere a água do tanque de alimentação para o circuito; a vazão é medida por um transmissor de pressão diferencial conectado a um orifício calibrado e é controlado por uma válvula pneumática. 

Quando conectado à rede de ar comprimido do laboratório, esta unidade também permite controlar a vazão de um gás (ar). Esta unidade está disponível em quatro versões:

  • Versão DT-CP051 incluindo um controlador PID industrial
  • Versão DT-CP051f com sinais livres; pode ser conectada à caixa de controle externa PID/EV e PLC-8CH/EV ou com unidade de controle do cliente
  • Versão DT-CP051x incluindo controlador PID industrial e com sinais livres

As unidades mod. DT-CP051 e DT-CP051x também são fornecidas com um software de controle e de aquisição de dados (SCADA) para Windows, que permite a supervisão do sistema a partir de um PC conectado ao equipamento via cabo serial.

Programa didático

  1. Controle proporcional, integral e derivativo
  2. Controle de malha aberta
  3. Controle de malha fechada
  4. Técnicas de configuração de um controlador
  5. Resposta a ruído

DT-CP052

Unidade de Controle de Processo de NÍVELcom Controlador PID e Software SCADA

Esta unidade compacta de fácil manuseio permite executar testes de controle de nível em um circuito fechado. Uma bomba centrífuga transfere a água do tanque de alimentação para o tanque em que o nível é controlado; outra bomba centrífuga faz a água recircular do tanque de controle para o tanque de alimentação. Esta unidade está disponível em quatro versões:

  • Versão DT-CP052 incluindo um controlador PID industrial
  • Versão DT-CP052f com sinais livres; pode ser conectada à caixa de controle externa PID/EV e PLC-8CH/EV ou com unidade de controle do cliente
  • Versão DT-CP052x incluindo controlador PID industrial e com sinais livres

Programa didático

  1. Controle proporcional, integral e derivativo
  2. Controle de malha aberta
  3. Controle de malha fechada
  4. Técnicas de configuração de um controlador
  5. Resposta a ruído

 


DT-CP053

Unidade de Controle de Processo de PRESSÃO com Controlador PID e Software SCADA

Esta unidade compacta de fácil manuseio permite executar testes de controle de pressão em um circuito de volume variável. 

A pressão fornecida pela rede de ar comprimido do laboratório é medida por um transmissor de pressão e é controlada por uma válvula pneumática inserida na linha de entrada; um tanque pode ser inserido no circuito para variar o volume do sistema.

Esta unidade está disponível em quatro versões:

  • Versão DT-CP053 incluindo um controlador PID industrial
  • Versão DT-CP053f com sinais livres; pode ser conectada à caixa de controle externa PID/EV e PLC-8CH/EV ou com unidade de controle do cliente
  • Versão DT-CP053x incluindo controlador PID industrial e com sinais livres

As unidades mod. DT-CP053 e DT-CP053x também são fornecidas com um software de controle e de aquisição de dados (SCADA) para Windows, que permite a supervisão do sistema a partir de um PC conectado ao equipamento via cabo serial.

As unidades mod. DT-CP052 e DT-CP052x também são fornecidas com um software de controle e de aquisição de dados (SCADA) para Windows, que permite a supervisão do sistema a partir de um PC conectado ao equipamento via cabo serial.

Programa didático

  1. Controle proporcional, integral e derivativo
  2. Controle de malha aberta
  3. Controle de malha fechada
  4. Técnicas de configuração de um controlador
  5. Resposta a ruído
  6. Efeito do volume do sistema sobre os parâmetros de controle

DT-CP054

Unidade de Controle de Processo de TEMPERATURA com Controlador PID e Software SCADA

Esta unidade compacta de fácil manuseio permite executar testes de controle de pressão em um circuito de volume variável. A pressão fornecida pela rede de ar comprimido do laboratório é medida por um transmissor de pressão e é controlada por uma válvula pneumática inserida na linha de entrada; um tanque pode ser inserido no circuito para variar o volume do sistema. Esta unidade está disponível em quatro versões:

  • Versão DT-CP054 incluindo um controlador PID industrial
  • Versão DT-CP054f com sinais livres; pode ser conectada à caixa de controle externa PID/EV e PLC-8CH/EV ou com unidade de controle do cliente
  • Versão DT-CP054x incluindo controlador PID industrial e com sinais livres

As unidades mod. DT-CP054 e DT-CP054x também são fornecidas com um software de controle e de aquisição de dados (SCADA) para Windows, que permite a supervisão do sistema a partir de um PC conectado ao equipamento via cabo serial.

Programa didático

  1. Controle proporcional, integral e derivativo
  2. Controle de malha aberta
  3. Controle de malha fechada
  4. Técnicas de configuração de um controlador
  5. Resposta a ruído
  6. Efeito do tempo morto sobre os parâmetros de controle

 

 


DT-CP055

Treinador de Controle de Temperatura

O sistema de controle de processos consiste em uma malha fechada em que uma bomba de circulação move a água; a vazão de água pode ser medida com um rotâmetro de área variável e regulada usando uma válvula manual.

Um aquecedor na linha promove o aquecimento da água no circuito e um trocador de calor com ventoinha promove o resfriamento. A temperatura da água no circuito é medida usando 3 termorresistências PT100 e controlada variando a velocidade do motor M1 ou a potência do aquecedor J1 usando um tiristor. 

Retardos podem ser exibidos usando diferentes comprimentos do tubo de retardo. 

O painel elétrico contém um controlador industrial e um registrador de gráfico para traçar a resposta do processo. O treinador é montado em uma estrutura com quatro rodízios, de modo a ser facilmente manobrado.  Um software de supervisão para Windows é fornecido com o treinador.

Programa didático

  1. Conceito básico de controlador PID
  2. Controle de malha aberta
  3. Controle de malha fechada
  4. Comportamento do controle com:
    • controle de dois passos
    • controle contínuo
    • retardos
  5. Registro de respostas de passo
  6. Setpoint e resposta a perturbações

DT-CP056

Unidade de Controle de Processo de pH com Controlador PID e Software SCADA

Esta unidade consiste em um reator agitado alimentado com uma solução ácida por uma bomba dosificadora. O controle da vazão de outra bomba dosificadora, que envia solução básica ao reator, permite controlar o pH. Esta unidade está disponível em quatro versões:

  • Versão DT-CP056 incluindo um controlador PID industrial
  • Versão DT-CP056f com sinais livres; pode ser conectada à caixa de controle externa PID/EV e PLC-8CH/EV ou com unidade de controle do cliente
  • Versão DT-CP056x incluindo controlador PID industrial e com sinais livres

 

As unidades mod. DT-CP056 e DT-CP056x também são fornecidas com um software de controle e de aquisição de dados (SCADA) para Windows, que permite a supervisão do sistema a partir de um PC conectado ao equipamento via cabo serial.

Programa didático

  1. Controle proporcional, integral e derivativo
  2. Resposta e características do processo
  3. Determinação do tempo morto
  4. Técnicas de configuração de um controlador